Coco antes de Chanel




Vi hoje. É interessante. No começo eu estava irritada com a protagonista chata, já que os outros dois caras eram tão gentis com ela. 

Depois fui entendendo melhor. Não faz muito tempo (e isso ainda existe em várias partes do mundo) que a única opção para uma mulher para ter uma carreira era não se casar ou se tornar freira.

Por outro lado, hoje em dia quando tanto o cara quanto a mulher querem ter uma carreira precisam trabalhar em dobro para pagar alguém para cuidar dos filhos.

Então hoje os pais acabam só sendo provedores de dinheiro para o filho e não de uma educação, delegando isso a outros. Sei lá se esse novo sistema funciona ou é melhor ou pior. Vivemos num mundo em que ter dinheiro e uma carreira é mais importante do que se dedicar a família. Em primeiro lugar o país, depois os filhos.

Sinceramente, é complicado. Não sei qual solução dar para o problema. 



Comentários