Meus personagens




Tava olhando aqui meus desenhos antigos e achei esse. É o personagem de um livro meu. Posso dar um baita spoiler aqui? SPOILER! Se não quiser spoiler, pule o parágrafo seguinte e continue a partir do terceiro.

Esse é um personagem de um dos meus livros mais longos, o Fábula dos Gênios, que por acaso é meu livro favorito dentre os que escrevi. Ele tem dezenas de personagens importantes e esse é apenas um deles. Esse cara do desenho tem um namorado. Duas gurias gêmeas, junto com outras amigas delas, estupram e torturam cruelmente o namorado dele até a morte. Então esse cara se vinga pelo namorado e mata as duas gêmeas empaladas. Só que o pai delas, que por acaso é o mago mais forte do mundo (é uma história de fantasia), vai se vingar pelas filhas e tira a pele do cara antes de matá-lo de outra forma horrível.

Nem sempre minhas histórias são violentas, mas às vezes é divertido experimentar. Falando nisso, adoro procurar listas de livros na internet. Por exemplo: "lista dos dez livros mais violentos já escritos" ou "lista dos dez livros mais difíceis de ler" ou "lista dos dez livros mais polêmicos" ou "lista dos dez melhores livros sobre o diabo" ou "lista dos dez melhores livros sobre cristianismo" (sim, tenho leituras diversificadas) ou "lista dos dez melhores livros sobre guerras" ou sei lá.

E como eu adoro listas, vou fazer aqui uma lista de alguns dos meus romances e as características do protagonista quanto a cinco quesitos: gênero, cor da pele, opção sexual, gordura corporal e idade. Claro que eu poderia ter escolhido outras características, mas por enquanto vamos com essas, só por curiosidade. Nem eu sei o que vai sair, que emocionante! Vou pegar a ordem dos meus livros que tá no Goodreads, nem sei que ordem é essa, meio aleatória: 


1- A Era do Folhetim: Maria Santa, protagonista mulher, negra, lésbica/bissexual, peso mediano, idade uns 12 anos (começa a história com uns 12 anos, logo vira adolescente, depois adulta, enfim, é uma das minhas histórias que se passam décadas).

2- LHP Excelsis: Roberto, protagonista homem, branco (ou cor não especificada, não lembro se mencionei), heterossexual, peso mediano (ou não especificado), puta que pariu esqueci a idade dele, uns 25?

3- A Busca da Mortalidade: e eu sei lá, nem lembro dessa história. Esqueci o nome, mas é mulher... cacete, acho que é mulata, heterossexual (ou não especificado?), peso mediano ou NE (não especificado, vou usar essa sigla agora porque tô vendo que vai ser frequente) e acho que idade NE ou em torno de uns 30 anos talvez.

4- A Gata Mascarada: Ofélia, mulher, branca, heterossexual, magra, começa com 15 anos, até uns 19.

5- Sociedade do Sacrifício: eu não acredito que esqueci o nome dela, deixa eu colar aqui. Há pouco tempo eu tava toda metida no Youtube dizendo que gostava de reler minha própria história e nem lembro o nome da pobre coitada. Pronto, deu trabalho mas achei: Antônia! Mulher, mulata, heterossexual, gordinha, qual a idade dela mesmo? Começa criança também, talvez uns 12, depois vai envelhecendo algumas décadas ao longo da história.

6- Sacra Soberana: sei lá o nome do cara, mas é homem, branco, heterossexual, peso mediano (ou NE), não lembro a idade, uns 17? Ah sim, é um mundo em que aos 18 anos os homens são sacrificados, então ele deve ter 17. Essa história tem uma peculiaridade, pois é sobre um mundo governado por mulheres negras lésbicas e o protagonista ser um homem heterossexual branco é proposital.

7- Velevi: finalmente uma protagonista que conheço em detalhes para me salvar do meu festival de vergonha alheia de (des)conhecimento dos meus próprios livros. Francisca, mulher, mulata, heterossexual, meio gordinha, 24 anos

8- Palácio dos Alfinetes: não posso revelar o nome do personagem ahsdhusds, mas é homem, branco, heterossexual, esqueci a idade, de uns 10 aos 15 anos.

9- Demian: protagonista se chama Demian (em homenagem ao livro do Hermann Hesse), homem, branco, heterossexual, magro, começa a história com 17 anos, até uns vinte e poucos. 

10- A Guerra dos Esquecidos: esqueci o nome do protagonista, mas homem, acho que cor de pele NE, heterossexual ou NE, peso NE, idade uns 12 anos? Faz tempo que escrevi, já esqueci tudo sdjdhfhd.

11- Jesus Adolescente no Século XXI: João (eu já ia dizer que esqueci o nome do protagonista ehehe), homem, mulato (ou NE?), heterossexual, peso NE,  18 anos. Por aí. 

12- Fábula dos Gênios: tem vários protagonistas, mas vou mencionar a que acho que aparece mais, que é a primeira: esqueci a porra do nome e já li esse livro mil vezes, mulher, branca, heterossexual, peso mediano, que idade tem essa porra, acho que 12 meu Deus todos os meus personagens começam com 12 anos dhufhdfd mas ela logo vai envelhecendo ao longo da história. Eu geralmente faço com 12 quando pretendo que ela envelheça em breve.

13- A Ordem da Discórdia: esqueci o nome pra variar e foi a última história que escrevi. Mulher, mulata (ou NE?), heterossexual, gorda, 40 anos (aeeee finalmente uma mulher madura!)

14- Mártires Vermelhos: Bibiana, VIRAM EU SEI O NOME DOS MEUS PERSONAGENS, mulher, negra, heterossexual, peso mediano, 12 anos (porra do caralhooo) até uns vinte e muitos, não lembro se chega a 30.

15- A Ordem Terceira: izzkeciii mas é mulher, mulata, heterossexual, gorda, 25 anos, por aí.

16- Dorsedem Craivita: não lembro o nome do cara, era José? Homem, mulato, heterossexual, gordo, uns 40 anos talvez.

17- MAL: Magos Acima da Lei: ESSE TEM O NOME DELA E IDADE NA DESCRIÇÃO DO LIVRO NÃO VOU ERRAR: Gabriela, mulher, mulata, heterossexual, magra, 23 anos.
 
OK, chega de livro por enquanto, só esses tá bom. Vamos fazer a porcentagem pra ver como eu me saí:

1- Gênero dos protagonistas: 10 mulheres e 7 homens. Ou 59% mulheres (viram, sei fazer regra de 3, colégio serviu pra algo) e 41% homens. Sempre achei que fosse meio a meio nas minhas histórias. E quero manter esse meio a meio. Estou até um pouquinho contente por ter dado mulheres ligeiramente acima.

2- Cor da pele: vou tirar a categoria "não especificado" e deixar apenas a cor que imaginei o personagem enquanto escrevia, pois mesmo quando eu não mencionei eu sempre imaginei algo. 

O resultado: 2 negros, 8 mulatos e 7 brancos!!! Sério, estou chocada. Se eu somar negros e mulatos numa só categoria, dá a mesma proporção de mulheres em relação a homens da categoria anterior. Sim, ainda costumo fazer mais protagonistas mulatos do que brancos, mas eu não lembrava que eu tinha tão poucos protagonistas negros! Não pode ser só dois. OK, eu já escrevi mais de 50 livros, pode ser que eu tenha o azar de ter pego 17 deles com poucos personagens negros. Mesmo assim eu esperava mais.

E outra coisa: eu peguei apenas os protagonistas. Em vários desses livros mencionados aí há um monte de personagens negros importantes. 

3- Opção sexual: 16 heteros e só um gay (no caso, lésbica)?! Uaaaau que fodido. Eu esqueci de colocar nessa lista meu livro "O Clube das Letras Cruzadas" que tem um protagonista negro gay, que merda. O Goodreads comeu títulos da minha lista na hora da minha pesquisa.

4- Gordura corporal: 4 magros, 8 peso mediano e 5 gordos. Até que gostei. Pensei que eu teria menos protagonistas gordos, mas até que tenho bastante! Estou feliz. Dá 29% de gordos, sendo a maior parte mulheres gordas. Até que tá razoável.

5- Idade: separei nessas categorias: criança/adolescente: 10; entre 20 e 30 anos: 5; e mais de 30 anos: 2. Eu já tinha reparado que tenho poucos personagens com mais de 30 anos, por isso estou tentando mudar isso. No meu último livro a protagonista tinha 40 e no próximo ele vai ter 35. Mas vale ressaltar que em vários desses livros protagonistas que começam como crianças depois chegam aos 20, 30 ou 40 anos.

OK, agora meus comentários gerais. 

O gênero dos meus protagonistas tá perfeito. Tô equilibrando bem. Cor da pele tem muitos mulatos e isso é ótimo, mas fiquei surpresa com os poucos negros. Eu lembrava de ter bem mais. Opção sexual tá trágico, preciso de mais protagonistas gays. Gordura corporal tá muito bom. E idade ainda posso melhorar isso bastante.

Ou seja, dicas para meus próximos livros: beeeem mais gays. Mais negros. E com mais de 30 anos.

E agora, a velha polêmica: é necessário ter cota para personagens? É claro que não!!! Um escritor deve ter plena liberdade para fazer o que quer. Se ele quiser só fazer um protagonista que seja um urso polar e escrever cinquenta mil livros sobre isso, tem todo o direito.

É interessante fazer essas pesquisas para ter uma ideia dessas porcentagens. Mas não acho que seja justo um autor ser criticado por causa disso. Alguém pode comentar com ele tipo "ah, raramente tem negros no seu livro", mas não em tom de crítica, apenas como observação. Isso não torna o livro dele melhor ou pior. 

Lembro que antigamente eu costumava dizer: "nos meus quatro livros preferidos, todos os protagonistas são homens, heterossexuais, brancos, loiros e pré-adolescentes/adolescentes.

Meus quatro livros preferidos eram:

1- O Jogo das Contas de Vidro, por Hermann Hesse
2- Capitães da Areia, por Jorge Amado
3- Laranja Mecânica, por Anthony Burgess
4- O Senhor das Moscas, por William Golding

Eu acho que hoje em dia os livros 2, 3 e 4 nem constam mais no meu top 10. Qualquer dia desses vou fazer um top 10 novo dos meus livros favoritos para atualizar.

Quando montei essa lista eu nem me dei conta dessas características dos protagonistas. Só me dei conta depois e fiquei sinceramente espantada com esse fenômeno.

Meu ponto é que eu jamais deixaria de gostar de um livro ou gostaria menos por causa disso. Livro bom é livro bom e eu pago pau.

Viva, consegui fazer mais um post polêmico! Uau, eu sou boa nisso, hein?



Comentários

Postar um comentário